Mover-se (bem) pela saúde do aparelho locomotor

Enveredar pela jornada de perda de peso, quando o objetivo é combater quadros de excesso de peso e obesidade, é uma meta que exige acompanhamento por especialistas e adaptações consoante a condição física e comorbilidades de cada indivíduo. 

Deste modo, quando estamos perante um doente que apresente gordura em excesso, muitas vezes encontramos um aparelho locomotor em sobrecarga. Além disso, o próprio peso corporal pode tornar-se uma condicionante para a pessoa voltar a executar exercício físico, como é o caso da corrida.

Se tem obesidade e pretende perder peso é crucial que tenha prudência antes de voltar a correr, para não exercer sobrecarga articular na região dos joelhos, onde a quantidade de carga exercida pode equivaler três vezes o peso da pessoa. Por exemplo, alguém que pese 100 quilos irá receber uma carga de pressão equivalente a 300-500 quilos nas pernas.

Assim sendo, nos casos de obesidade não é recomendado fazer corridas nas fases iniciais deste processo de mudança, mas sim priorizar as alterações nos hábitos alimentares e manter-se ativo através de exercícios de baixo impacto, aeróbicos e de fortalecimento muscular, como é o caso da bicicleta estática. Deve ainda optar por superfícies e calçados que minimizem os efeitos do peso. 

Por este motivo, torna-se evidente a necessidade de proceder à realização de uma consulta médica antes de começar a alterar o estilo de vida e práticas desportivas. Além disso, não pode ser descurada a importância de realizar exames mais detalhados, pois é comum que este tipo de doentes apresente risco aumentado de eventos cardíacos devido a doenças que habitualmente acompanham a obesidade, como a hipertensão arterial, a diabetes tipo II e a aumento de gordura no sangue (dislipidemia).

Neste Dia Nacional da Luta Contra a Obesidade, celebrado este ano a 18 de maio, tenha presente que gerir o seu peso e recuperar a saúde do corpo são objetivos que não devem ser precipitados, mas sim ajustados às características individuais e indicações dos profissionais de saúde e do desporto. Lembre-se que um atleta nunca conseguiu correr uma maratona em um dia. Combater a obesidade é uma jornada contínua.

Publicidade