PUB

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera, Portugal continental irá enfrentar nos próximos dias uma situação de tempo quente persistente, que deverá dar origem a uma onda de calor em muitas áreas do território. As previsões apontam para uma temperatura média acima dos 35ºC.

De acordo com os meteorologistas, «esta situação deve-se a um fluxo do quadrante leste na circulação de um anticiclone localizado a nordeste dos Açores, estendendo-se em crista até à Europa Central, que transportará uma massa de ar muito quente e seco sobre o território do continente», pelo que «se prevê uma subida dos valores de temperatura, em especial da máxima, esperando-se que se atinjam valores acima de 35°C na generalidade do território».

No interior do território continental, em especial da região Sul, e nos vales do Tejo e Douro, as temperaturas deverão atingir valores superiores a 40°C a partir de sexta-feira, podendo alcançar localmente valores acima de 42°C.

PUB

Já a temperatura mínima também irá aumentar, prevendo-se a persistência da ocorrência de noites tropicais com mínimas acima de 20°C em grande parte do território, a partir da noite quinta para sexta-feira.

O vento soprará fraco a moderado predominando do quadrante leste, sendo por vezes forte nas terras altas, rodando temporariamente para noroeste no litoral oeste durante as tardes.

O IPMA alerta que «estas condições meteorológicas, associadas também a valores baixos da humidade relativa do ar, resultarão igualmente num aumento significativo do Perigo de Incêndio Rural, que deverá situar-se nas classes Máximo e Muito Elevado em quase todo o interior Norte e Centro e no interior do Algarve».

Devido à persistência de valores muito elevados da temperatura máxima, o distrito de Portalegre vai estar sob aviso laranja entre as 09h de sexta-feira e as 10h de domingo.