PUB

O Conselho de Ministros reuniu-se esta quinta-feira, dia 6, para analisar a situação pandémica e para anunciar as novas medidas, que entram em vigor já a partir de 10 de Janeiro. As conclusões da reunião foram apresentadas pelo primeiro-ministro António Costa.

MEDIDAS GERAIS

Nova norma DGS:
• Isolamento só de positivos e coabitantes
• Pessoas com dose de reforço isentas de isolamento

PUB

267.315 pessoas com período de isolamento terminado ou reduzido

Isenção de testagem para quem tenha dose de reforço há mais de 14 dias

ESCOLAS

• Recomeço das aulas a 10 de janeiro
• Isolamento de turmas deixa de existir
• Testagem nas próximas 2 semanas
• Vacinação de crianças 5-11 anos (dias 6 a 9/01)
• Vacinação do pessoal docente e não docente, mediante senhas digitais (dias 6 a 9/01)

TRABALHO

• Teletrabalho obrigatório até 14/01
• Teletrabalho recomendado a partir dessa data

ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS

• Lotação de 1 pessoa/5m2

BARES E DISCOTECAS

• Reabertura no dia 14/01
• Exigência de teste para acesso
• Proibição de consumo de bebidas alcoólicas na via pública

FRONTEIRAS

Manutenção do controlo nas fronteiras:
• Teste negativo obrigatório para todos os voos que cheguem a Portugal
• Sanções para as companhias de aviação

CERTIFICADO DIGITAL

Obrigatório para acesso a:

Restaurantes
Estabelecimentos turísticos e alojamento local
Espetáculos culturais
Eventos com lugares marcados
Ginásios

TESTAGEM (PARA QUEM NÃO TEM DOSE DE REFORÇO)

Teste negativo obrigatório para acesso a:
Visitas a lares
Visitas a pacientes internados em estabelecimentos de saúde
Grandes eventos e eventos sem lugares marcados ou em recintos improvisados
Recintos desportivos (salvo decisão da DGS)