Publicidade

Os balneários femininos e masculinos do pavilhão gimnodesportivo da Escola Mouzinho da Silveira, em Portalegre, estão encerrados desde terça-feira, dia 12, na sequência de ter sido detectada a presença da bactéria Legionella após análises efectuadas.

Ao nosso jornal, o director do Agrupamento do Bonfim, António Luís Sequeira, confirmou que foi detectada a presença da bactéria apenas no balneário feminino do pavilhão gimnodesportivo, pelo que foi posto em prática o plano do estabelecimento de ensino previsto para o efeito e que resultou no encerramento dos dois balneários como forma de prevenção.

O responsável disse que a bactéria foi detectada no âmbito de uma inspecção periódica realizada de quatro em quatro meses, contratada pelo estabelecimento, em complemento da inspecção anual promovida pela Parque Escolar que é responsável pelas infra-estruturas.

Segundo António Luís Sequeira, o resultado das análises foi «de risco moderado», pelo que foram encerrados os dois balneários, tendo a situação sido reportada à Delegada Regional de Saúde, que fica agora responsável por dar luz verde para a abertura dos espaços.

Perante esta situação, os encarregados de educação foram devidamente informados pelo estabelecimento de ensino, tendo sido emitido um comunicado.

Comunicado do Agrupamento do Bonfim