Publicidade

Hugo Hilário foi reeleito para um terceiro mandato na Câmara de Ponte de Sor, tendo conquistado maioria absoluta apesar de baixar a votação relativamente a 2017.

A candidatura socialista obteve um total de 64,08% dos votos e segurou os seis mandatos, contra os 14,34% da CDU que se mantém como segunda força política e garantindo a eleição de um vereador. Segue-se o CHEGA com 7,21% dos votos, a coligação PSD/CDS com 6,28% e o Bloco de Esquerda com 3,42%.  

Também na Assembleia Municipal, o PS conquistou a maioria absoluta, tal como na freguesia de Longomel, Ponte de Sor, Tramaga e Vale de Açor, Foros de Arrão e Montargil. Já a freguesia de Galveias manteve-se na esfera da CDU.