Publicidade

O Instituto de Segurança Social (ISS) e a Polícia de Segurança Pública (PSP) assinaram esta quinta-feira, dia 21, um protocolo de colaboração para a divulgação do Estatuto do Cuidador Informal.

Com este protocolo, a PSP irá promover, em todo o território nacional, acções de sensibilização no âmbito do Estatuto do Cuidador Informal, sinalizar potenciais cuidadores informais, apoiar potenciais cuidadores informais na instrução do processo de requerimento, sinalizar aos serviços do ISS potenciais cuidadores informais, contribuir para o desenvolvimento das acções previstas no Plano de Intervenção Específico em vigor para cada Cuidador Informal, integrar na Operação “Solidariedade Não Tem Idade” questões relativas à identificação e caracterização sumária de cuidadores e ainda divulgar, junto de potenciais cuidadores, o programa “Estou Aqui Adultos” da PSP, como medida especifica de autoprotecção para a população idosa.

Por intermédio deste protocolo, o ISS passará a ser parceiro da PSP na informação às famílias sobre a disponibilidade e funcionamento do projecto “Estou Aqui Adultos”, existente desde 2015 e que já abrange mais de 10.000 pessoas, com 3.160 pulseiras presentemente activas.

A cerimónia de assinatura contou com a presença do Presidente do Conselho Directivo do ISS, Rui Fiolhais, e do Director Nacional Superintendente-Chefe, Manuel Augusto Magina da Silva.

«Com o trabalho de proximidade desenvolvido junto das populações, a PSP será um parceiro privilegiado para a divulgação do Estatuto do Cuidador Informal e das medidas de apoio disponíveis aos cuidadores, em todo o país», lê-se num comunicado.