PUB

“Todos os dias são necessárias 900 a 1000 unidades de sangue – Dê Sangue no Verão”. É este o mote da campanha de Verão que a Federação Portuguesa de Dadores Benévolos de Sangue (FEPODABES) promove já a partir do dia 28 de Julho, visando apelar a que os cidadãos continuem a dar sangue nesta altura do ano.

«Aproveitando o momento em que muitos jovens estão a dar sangue pela primeira vez, é necessário fidelizá-los e fazer com que cada dador faça a sua dádiva regular, assim duas vezes no ano», refere Alberto Mota, presidente da FEPODABES que denota «um aumento na frequência relativa de dadores no grupo etário dos 18 aos 24 anos e a distribuição nos grupos etários mostra um rejuvenescimento da população de dadores», diz Alberto Mota.

No Verão os hospitais continuam a necessitar de sangue para dar resposta às necessidades dos seus doentes, motivo pela qual a FEPODABES apela a todos os cidadãos com mais de 18 anos, que tenham mais de 50kg e que sejam saudáveis façam a sua dádiva. “É muito importante que as pessoas façam a sua dádiva antes de partirem param o gozo das merecidas férias e mesmo durante o período de férias, pois mesmo no Verão os hospitais têm necessidade de sangue”, refere o presidente da FEPODABES.

PUB

Com o intuito de ir ao encontro dos potenciais dadores, a FEPODABES leva a efeito uma campanha de virão entre os dias 28 de Julho a 30 de Agosto. Esta iniciativa vai decorrer em vários locais e pretende ser um contributo adicional para reforçar as reservas de sangue e componentes sanguíneos neste período de férias.

«O Verão é uma altura do ano em que a disponibilidade dos cidadãos para dar sangue é mais reduzida, pelo que a FEPODABES decidiu promover esta campanha de Verão para dar o seu contributo para a manutenção das reservas de sangue», diz Alberto Mota, acrescentando que este apelo à mobilização dos cidadãos tem também como objectivo «recordar que dar sangue é um gesto benévolo e que pode salvar vidas».