Publicidade

A GNR, através do Núcleo de Protecção Ambiental (NPA) de Elvas, deteve na quinta-feira, dia 21, um homem de 49 anos por caça ultrapassando os quantitativos legais de caça ao coelho, na localidade de Monforte.

Segundo a GNR, no decorrer de uma acção de fiscalização, os elementos do NPA detectaram o caçador a efectuar o acto venatório em terreno não ordenado, ultrapassando os quantitativos de caça ao coelho, o que culminou na sua detenção e na apreensão de uma caçadeira, 16 cartuchos com múltiplos projécteis, nove cartuchos vazios e uma cartucheira.

O detido foi constituído arguido e os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Portalegre.

A GNR salienta que a gestão das populações de coelho-bravo, assume importância estratégica no âmbito do usufruto sustentado deste recurso, procurando que os seus níveis populacionais garantam simultaneamente quantitativos cinegéticos num quadro de um aproveitamento multifuncional de uma propriedade, sem comprometer os equilíbrios ecológicos existentes.