Publicidade

A 37.ª edição da Festa do Castanheiro – Feira da Castanha de Marvão realiza-se já no próximo fim-de-semana. O evento, promovido pelo Município, recebe, habitualmente, milhares de visitantes, oriundos das mais diversas partes do Mundo.

Este ano, o certame volta a realizar-se nos moldes tradicionais, após um interregno em 2020, provocado pela pandemia de Covid-19, com o objectivo de celebrar e elevar a produção local de castanha, um dos produtos endógenos do território.

Esta feira conta com uma programação diversificada e que inclui várias actividades, tais como magustos, provas de vinho, showcookings, uma conferência, mercado de produtos locais, exposições de artesanato e animação rua.

A entrada no certame tem o custo de um euro, valor que irá reverter, na totalidade, para os Bombeiros Voluntários de Marvão.

«A Feira da Castanha está de volta a Marvão, mesmo com algumas limitações. Ainda assim, estamos orgulhosos e felizes de poder voltar a cumprir esta tradição tão única e tão característica do nosso concelho, e que contribui imenso para o desenvolvimento da nossa economia local», explica Luís Vitorino, presidente da Câmara de Marvão.

Quinzena Gastronómica

Paralelamente à Feira da Castanha, o Município de Marvão promove a Quinzena Gastronómica da Castanha, entre 6 e 21 de Novembro, com a participação de 15 restaurantes do concelho.

Assim, os estabelecimentos de restauração aderentes vão ter um menu especial com pratos à base deste fruto. Pato flamejado com castanhas, bifinhos de atum com castanha salteada, sopa de cação com castanhas, ou tecolameco de castanha, são algumas das iguarias que os visitantes poderão encontrar nos vários restaurantes que aderiram a esta iniciativa.

Um produto DOP

A Castanha de Marvão, considerada pelas entidades que tutelam o setor como um produto de origem protegida (DOP), é um fruto circunscrito à área geográfica de Marvão, Castelo de Vide e Portalegre. Obtém-se a partir de castanheiros que, dada a sua localização, dão frutos de características e sabores únicos.