Publicidade

Face à evolução da situação epidemiológica no concelho, a Câmara de Fronteira anunciou um conjunto de medidas para prevenir a propagação da COVID-19 que inclui a testagem gratuita e voluntária da população de Cabeço de Vide e ainda o encerramento dos equipamentos desportivos municipais, do Centro de Interpretação da Batalha de Atoleiros, da Biblioteca Municipal e das Piscinas Municipais.

De acordo com uma nota publicada e assinada pelo presidente da Câmara de Fronteira, Rogério Silva, nas redes sociais, o anúncio destas medidas deve-se «à recente evolução crescente e exponencial de casos de Covid-19 no concelho de Fronteira, de contornos ainda não totalmente definidos, mas da qual já é possível extrair conclusões para a tomada urgente de medidas preventivas e de mitigação da propagação da doença».

Assim, vai ser aberta a testagem gratuita e voluntária à população com recurso ao método RT PCR por laboratório certificado, na modalidade drive through a ocorrer na freguesia de Cabeço de Vide, mediante inscrição prévia entre as 09h e as 13h e entre as 14h e as 17h desta quarta-feira, dia 25, através dos números de telefone 965861369 / 963430815.

Segundo a nota, a testagem será levada a cabo na quinta-feira, dia 25, em local a designar na freguesia de Cabeço de Vide.

Como foram de precaução, o Município decretou ainda o encerramento de todos os equipamentos desportivos municipais, o Centro de Interpretação da Batalha de Atoleiros, a Biblioteca Municipal e as Piscinas Municipais descobertas «até delimitação dos contornos das cadeias de contágio em articulação com a Autoridade de Saúde». Já as Actividades de Tempos Livres vão manter-se em funcionamento, mas as suas participantes vão ser testados semanalmente.

De acordo com Rogério Silva, «as medidas ora tomadas visam delimitar os surtos activos com a maior celeridade possível. Já passámos por situações idênticas no passado recente. Vamos manter a serenidade e tranquilidade, compreender e respeitar as pessoas infectadas. Ninguém contrai o vírus porque quer e muito menos o transmite intencionalmente», refere.

De acordo com a última actualização do Serviço Municipal de Protecção Civil, o concelho de Fronteira tem, ao dia de hoje, um total de 18 casos activos.