Foi assinado esta quinta-feira um acordo de colaboração intermunicipal entre o Município de Fronteira e o Município de Estremoz para beneficiação do CMC 1/E.N. 372 (desclassificada), no troço de ligação entre a aldeia de Vale de Maceiras, da freguesia de São Saturnino e concelho de Fronteira, e o Itinerário Principal 2 (junto a Veiros), com 6609 ml, que integra o domínio público municipal dos Municípios de Fronteira (CMC 1, com 1.924 ml) e de Estremoz (a desclassificada EN372, com 4.685 ml).

A obra será executada com recurso a empreitada, na sequência de procedimento pré-contratual de concurso público e traduz-se na aplicação de cola de impregnação, execução parcial de camada de regularização a quente no reperfilamento transversal, execução de camada de desgaste de asfalto betuminoso com 5 cm, substituição de sinalização vertical e horizontal e execução de drenagens e serventias, num troço com 6.609 ml e uma largura média de faixa de rodagem de 4,85 ml.

A obra tem um valor estimado de cerca de 450 mil euros, sendo a repartição de encargos entre os municípios, nomeadamente 29,1% para o Município de Fronteira e 70,9% para o Município de Estremoz, resultando estas proporções da extensão do troço de estrada na área territorial de cada um dos Municípios.