Publicidade

A ARKUS – Associação Juvenil do concelho de Elvas integra a rede portuguesa de clubes UNESCO, anunciou a associação.

«Sendo a ARKUS, uma associação sem fins lucrativos que se enquadra numa estrutura capacitada a pertencer ao clube UNESCO, é com enorme prazer que informamos que demos esse passo em frente», lê-se num comunicado.

Os Clubes UNESCO são grupos de pessoas (associações sem fins lucrativos, ONG, escolas, universidades, fundações, círculos culturais, sociais e administrativos da comunidade), de todas as idades, todos os horizontes, de todas as condições, que acreditam nos ideais da UNESCO e desejam apoiar a Organização na sua missão. Estas estruturas têm como objectivo promover a UNESCO e os seus Programas, propagar os seus ideais através de actividades inspiradas nas actividades da Organização, contribuir para a formação cívica e democrática dos seus membros, apoiar os Direitos Humanos, favorecer a compreensão internacional e o diálogo entre os povos, difundir informação relativa à UNESCO junto do público, a nível local. Em suma, constituem-se como um prolongamento da acção das Comissões Nacionais.

Neste âmbito, «a Arkus, além das inúmeras actividades e projectos que desenvolve, é uma associação que alargou os seus campos de acção, centrando os seus esforços na dinamização local e social, através da cultura, economia, turismo, desporto, saúde e bem-estar, colmatando, assim, lacunas existentes», refere a associação, adiantando que os seus projectos «incidem maioritariamente sobre os jovens, mas também sobre as restantes faixas etárias, de modo a criar uma intergeracionalidade».

A associação aproveita para agradecer à UNESCO «tamanha confiança depositada no nosso trabalho e na nossa associação» e promete «continuar com o trabalho» que tem vindo a desenvolver, «com a mesma dedicação e empenho».

Refira-se que o primeiro Clube UNESCO surgiu no Japão em 1947, como um movimento espontâneo da sociedade civil. Em Portugal, o primeiro Centro UNESCO foi criado em 1989, no Porto, sendo que actualmente a rede portuguesa de Clubes UNESCO conta com 64 Centros/Clubes de Norte a Sul do País, um dos quais em Paris, na secção portuguesa do Lycée International de Saint Germain-en-Laye.