PUB

A Polícia de Segurança Pública (PSP) comemora esta terça-feira, dia 15, o 143.º aniversário do Comando Distrital de Portalegre.

Por despacho do Governador Civil de Portalegre, em 1878, 11 anos após a promulgação da Carta de Lei de D. Luís I, que criou o Corpo de Polícia Civil nas cidades do Porto e de Lisboa, foi criado o Corpo de Polícia Civil de Portalegre. A partir de 1927 a designação “Corpo de Polícia Civil” é abolida, passando a partir dessa data a utilizar-se o termo “Polícia de Segurança Pública”.

O Comando Distrital de Portalegre tem por missão assegurar a legalidade democrática e garantir a segurança de pessoas e bens, não só na capital de distrito, como também na cidade fronteiriça de Elvas. Para além destas duas cidades, a PSP esteve ainda presente nas vilas do Crato e de Campo Maior até aos anos de 1993 e 1995, respectivamente.

Actualmente, a área de responsabilidade territorial do Comando Distrital de Portalegre é de, aproximadamente, 90 km², com uma densidade populacional de 367 habitantes/km², repartida pelas cidades de Portalegre e Elvas. A sua estrutura compreende a sede do Comando Distrital em Portalegre e a Divisão Policial de Elvas. Em cada uma destas subunidades existem ainda quatro Esquadras: uma de Competência Genérica e três de Competência Específica (Trânsito, Investigação Criminal e Intervenção e Fiscalização Policial).

PUB

Da actividade operacional levada a cabo no ano de 2020 destaca-se:

A detenção de 259 cidadãos, na sequência de vários ilícitos criminais – 89 por condução de veículo automóvel em estado de embriaguez, 62 por condução de veículo automóvel sem habilitação legal e 18 por tráfico de estupefacientes;

A realização de 190 ações no âmbito do reforço da visibilidade em zonas de grande afluência de pessoas e no âmbito da fiscalização em matéria de armas, explosivos, segurança privada e ambiente; e
A realização de 228 ações de sensibilização de prevenção criminal.

Realça-se também a redução, em 2020, quer da criminalidade geral (- 3.1%), quer da criminalidade violenta e grave (- 7.7%), face ao ano anterior.

A cooperação técnico-policial e o intercâmbio de informações com o Corpo Nacional de Polícia do Reino de Espanha têm sido também grandes apostas do Comando Distrital de Portalegre nos últimos anos.

No presente ano, a grande aposta do Comando Distrital de Portalegre, em linha com a estratégia definida pelo próprio Director Nacional da PSP, tem sido a de «comunicar mais e melhor com a comunidade que serve», não só directa e presencialmente, como ainda através das redes sociais e dos próprios órgãos de comunicação social locais e até nacionais.

A Divisa do Brasão de Armas do Comando Distrital de Portalegre – “pax tranquilitas et ordinis” – espelha bem a missão e o espírito que carateriza os seus profissionais.