PUB

O InnovPlantProtect (InPP) promove o debate “A agricultura precisa de cultura científica?” a 24 de Novembro, pelas 18h, no Auditório do InPP, em Elvas, para celebrar o Dia Nacional da Cultura Científica e Tecnológica e assinalar as comemorações da Semana da Ciência e da Tecnologia (C&T) 2022, uma iniciativa do Programa Ciência Viva que, ao longo dos próximos dias – de 19 a 27 de Novembro – vai percorrer o país, com o objectivo de mostrar e promover a ciência e a tecnologia que se fazem em Portugal.

A agricultura é tida, muitas vezes, como uma actividade tradicional, executada manualmente e gerida de acordo com os ditames do Borda d’Água. Mas será mesmo assim? Afinal, qual é o contributo da ciência, da tecnologia e do conhecimento científico para a qualidade, sustentabilidade, produtividade e desenvolvimento do sector agrícola? Esta iniciativa pretende promover a reflexão e o debate acerca da relação entre a agricultura e a ciência, explorando o que une e o que separa estas duas áreas fundamentais para a sociedade, incentivando também o diálogo entre todos os participantes.

PUB

Para discutir este tema, o InPP reúne quatro personalidades de áreas tão diversas como a investigação, a comunicação, a distribuição alimentar e a produção agrícola: António Serrano, director executivo da Jerónimo Martins Agro-Alimentar; Maria do Rosário Félix, docente na Universidade de Évora e investigadora no MED – Instituto Mediterrâneo para a Agricultura, Ambiente e Desenvolvimento; Cristina Nobre Soares, comunicadora de ciência; e Paulo Maria, empresário agrícola da empresa Hortomaria e presidente do Conselho de Administração da Carmo & Silvério SA, organização de produtores. A moderação ficará a cargo de Pedro Fevereiro, director executivo do InPP.

A participação é aberta a todos os interessados, mediante inscrição prévia através do seguinte link: https://www.eventbrite.pt/e/bilhetes-debate-a-agricultura-precisa-de-cultura-cientifica-463719406227.

A Semana da Ciência e da Tecnologia é uma iniciativa anual promovida pela Ciência Viva, que tem como finalidade dar a conhecer os cientistas portugueses e os seus contributos para o avanço do conhecimento, promoção da cultura científica, progresso e bem-estar da sociedade.

Pub