PUB

A Câmara de Arronches está «indignada» com o estado de conservação da Estrada Nacional 246, entre Portalegre e Arronches, e exigiu junto da Infraestruturas de Portugal a reparação daquele troço, cujo «o estado de degradação é sobejamente conhecido».

Em comunicado, a Câmara Municipal dá conta que «enviou, no passado dia 25 de Novembro, um ofício ao Conselho de Administração da Infraestruturas de Portugal, S.A. no qual deu nota do estado de conservação da referida estrada e solicitou informações sobre uma eventual intervenção nesta via de comunicação».

A resposta ao ofício chegou à Câmara no dia 9 de Dezembro «referindo que está prevista uma intervenção a partir do próximo mês de Maio». Contudo, explica a autarquia, «fruto das condições meteorológicas que se têm feito sentir nos últimos meses, nomeadamente o elevado nível de precipitação que se tem verificado, o estado de degradação desta via agravou-se ainda mais, colocando em risco todos os que nela circulam», pelo que esta quinta-feira, dia 11, o Município «enviou uma nova missiva ao Conselho de Administração da IP reforçando a necessidade urgente de uma intervenção, ainda antes do mês de Maio, considerando o actual estado desta importante via, um dos principais eixos de circulação entre o norte e centro do país com a fronteira do Caia».

A autarquia regista que «felizmente, a sinistralidade neste troço não tem sido muito elevada, não havendo registo de acidentes rodoviários graves», mas teme que, com o seu actual estado de conservação, «a sinistralidade comece a aumentar, provocando danos irreparáveis, nomeadamente a perda de vidas humanas».

PUB

A Câmara aguarda agora a resposta a esta nova missiva «com a esperança de que esta situação seja resolvida tão breve quanto possível» e garante que até lá «manter-se-á atenta ao desenrolar da situação e não hesitará em intervir na defesa dos interesses dos seus munícipes e de todos os que utilizam a Estrada Nacional 246».