Publicidade

A Secretária de Estado da Administração Interna determinou ontem, no âmbito das medidas de resposta do Governo à pandemia da doença Covid-19, a criação de equipas especializadas em todos os corpos de bombeiros voluntários do território continental, por forma a reforçar os meios para operações de apoio na área da saúde pública.

De acordo com a informação divulgada, as equipas especializadas «intervêm no apoio, socorro e transporte de doentes, através da afectação permanente de uma ambulância de socorro e respetiva tripulação», e esta medida implica o pagamento, às Associações Humanitárias de Bombeiros (AHB), de um valor diário de 85 euros por cada veículo a suportar pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, sendo que o pagamento às 412 AHB corresponde «a um valor mensal superior a um milhão de euros».

O Ministério da Administração Interna refere que, através da criação destas equipas especializadas, reforça «a resposta operacional dos corpos de bombeiros perante o agravamento da situação epidemiológica e fortalece a capacidade financeira das AHB».